quinta-feira, 11 de dezembro de 2008

Rain, rain, rain

Fotografia @ Nuno P. Custódio

Entre quinhentos a setecentos espectadores, dispostos numa colina de um espaço verde de Viladecans (Barcelona), no Festival Al Carrer ´03. Numa representação onde, de vez em quando, como o próprio nome sugeria, nevava, eis que é a chuva a cair torrencialmente. O público, que nem vinha preparado para a intempérie (como atesta a imagem), contudo, não arredou pé. Foi mesmo preciso interromper a peça para que o material técnico se pudesse resguardar. Durante este processo, onde tudo parecia ter abortado, os espectadores mantiveram-se firmes, aplaudindo compassadamente os actores e os técnicos enquanto se procedia à desmontagem. Não foi preciso chegar ao fim para se estabelecer realmente um encontro. Nos períodos anteriores, já tinha havido uma relação efectiva entre todos os presentes. Na minha óptica, nestes tempos esquizofrénicos e muito acelerados em que vivemos, isto é mais fundamental do que a própria linha narrativa...

Sem comentários: